Inaugurada em 1890, a denominada Linha do Dão tinha início em Santa Comba Dão e ligou, durante quase cem anos, a Linha da Beira Alta a Viseu, tendo sido a primeira via férrea a chegar à cidade beirã. Foi encerrada em 1988 e, após alguns anos de abandono, os Municípios de Viseu, Tondela e Santa Comba Dão, a Associação de Municípios da Região Dão Lafões e a Refer, celebraram um protocolo com vista à recuperação da antiga Linha do Dão, desactivada, e transformaram-na na maior Ecopista de Portugal.

santa-comba-dao-antiga

-Publicidade-

São 49,2 quilómetros de Ecopista, assentes no antigo Ramal do Dão e, que unem estes três Concelhos através de uma forma suave de mobilidade destinada ao uso público, como via de comunicação para o lazer, o desporto, actividades recreativas, culturais e de protecção e promoção ambiental.

O Município de Viseu inaugurou, inicialmente, um Percurso com cerca de 8 quilómetros, na Primavera de 2007. Posteriormente, este Percurso foi prolongado, juntando-se-lhe, mais tarde, os Percursos de Tondela e Santa Comba Dão, com a abertura oficial da Ecopista do Dão na sua plenitude, em meados de 2011.

A Ecopista do Dão é a mais comprida de Portugal – e, sem dúvida, uma das mais belas em matéria de paisagens. Tem início em Santa Comba, junto à margem do Dão, onde este se encontra com o seu afluente Paiva, acompanhando, durante os primeiros quilómetros, o curso do rio em todas as suas curvas, sempre com vista para a magnífica paisagem natural que é uma das imagens de marca da região.

Adiante, o percurso afasta-se da água, entrando numa zona onde predomina a flora autóctone das serranias beirãs, com muitos sobreiros, castanheiros e carvalhos. Passando o Túnel de Santa Catarina, a cor do pavimento muda de verde (Tondela) para vermelho (Viseu). Este túnel tem quase 200m de comprimento e é agora iluminado por painéis solares.

Para além das muitas infra-estruturas de apoio e da iluminação pública, a Ecopista está identificada com diferentes cores para cada Município, vermelho para o Percurso de Viseu, verde para o de Tondela e azul para o de Santa Comba Dão.

Chegando à estação de Torrefeita, pode apreciar a locomotiva a vapor de 1885 que se encontra estacionada e visitar o seu interior. Em Mosteirinho, também pode apreciar uma ponte desenhada por Eiffel. Já mais próximo de Viseu, atravessa também vinhas, campos agrícolas e aldeias, avistando-se ao longe as serras do Caramulo, a norte, e da Estrela, a sul.

percurso-mapa-ciclovia-dao
Percurso de Santa Comba Dão a Viseu

ECOPISTA DO DÃO
km 00,000: SANTA COMBA DÃO
km 06,000: TREIXEDO
km 09,000: Nagosela
km 14,500: TONDA
km 16,500: Porto da Lage
km 20,500: TONDELA
km 22,500: Naia
km 24,200: Casal do Rei
km 26,800: SABUGOSA
km 29,800: PARADA DE GONTA
km 32,400: FARMINHÃO
km 35,000: Várzea
km 36,500: TORREDEITA
km 38,200: Mosteirinho
km 41,000: FIGUEIRÓ
km 42,800: Travassós de Orgens
km 45,900: Tondelinha
km 47,600: Vildemoinhos
km 49,214: VISEU

Sem dúvida, uma ecopista a conhecer, quer pela história que assenta neste percurso, quer pela beleza natural que é possível apreciar em tão “poucos” quilómetros. Se ainda não pedalou por aqui, visite, que vale a pena!

Para mais informações sobre a Ecopista da linha do Dão podem visitar a Wikipédia.



19 COMENTÁRIOS

  1. […] A Ecopista do Dão vai ter novos acessos e novas instalações de repouso, equipadas com balneários e vestiários. A Câmara Municipal de Santa Comba Dão e a Infraestruturas de Portugal chegaram a acordo para construir um novo acesso à Ecopista do Dão a partir da estação do Caminho-de-Ferro, revelou o presidente do Município, Leonel Gouveia, em entrevista ao Jornal do Centro. […]