Já entraram na fase final os trabalhos para a construção de uma ciclovia urbana com cerca de sete quilómetros de extensão que irá atravessar o centro da vila.

Incluídas na empreitada da construção da ciclovia urbana, o município de Vila Verde já instalou cerca de 20 passadeiras elevadas na sede do concelho. Um dos objectivos destas passadeiras é contribuir para a “mobilidade sustentável”, que ganhará outra dimensão quando estiver concluída a ciclovia urbana, com cerca de sete quilómetros de extensão.

-Publicidade-

A autarquia referiu em comunicado, que a empreitada da ciclovia inclui também a requalificação de vários passeios. Assim que terminadas as obras, a requalificação que afectará passeios e passadeiras «permitirão a circulação harmoniosa das bicicletas em todo o trajecto da ciclovia, assim como a mobilidade de pessoas em cadeiras de rodas ou com mobilidade reduzida».

A Câmara explica que «a construção da ciclovia urbana de Vila Verde insere-se num plano alargado da governação central que pretende a edificação de vias urbanas modernas, com elevada funcionalidade e segurança, visando acrescentar também um importante valor ambiental, uma vez que têm como objetivo a diminuição da emissão de gases poluentes».

A rede de praticamente sete quilómetros de ciclovia insere-se no plano do Município de Vila Verde para melhorar a mobilidade urbana através do estímulo à utilização de um meio de transporte menos poluente, num investimento global de cerca de 800 mil euros, que estará concluída no inicio da Primavera.