A Associação de Ciclismo do Minho (ACM) apresentou esta quinta-feira, durante a reunião de Câmara descentralizada, um projeto para a criação de um circuito de BTT e Cross Country Olímpico, no Parque de Lazer de Souto, Santa Maria. A revelação foi feita por José Luís Ribeiro, presidente da ACM.

centro-btt-guimaraes

-Publicidade-

A Câmara Municipal de Guimarães, em concertação com a Associação de Ciclismo do Minho/Federação Portuguesa de Ciclismo e a União das Freguesias de Souto Santa Maria, Souto São Salvador e Gondomar e a cooperativa Tempo Livre, planeiam criar um Centro de BTT no Parque Desportivo de Souto Santa Maria que proporcione a prática de uma ou mais disciplinas de ciclismo por todos os interessados, independentemente da idade, condição física e motivações.

“Primeira fase deve estar concluída até ao verão do próximo ano. Local terá uma rede de percursos com diferentes níveis de dificuldade e de condições para acolhimento de estágios.”

O projeto, dividido em três fases, a primeira das quais deverá está concluída até ao verão do próximo ano, inclui a criação inicial de um circuito permanente de BTT Cross Country Olímpico (XCO), de uma rede de percursos de BTT com diversos níveis de dificuldade e de condições para acolhimento de estágios e de partidas e chegadas de competições de várias vertentes do ciclismo. Tanto a Associação de Ciclismo do Minho como a Federação Portuguesa de Ciclismo, cujo Presidente e técnicos já estiveram no local, manifestaram o seu agrado pelo projeto.

Recorde-se que o Parque Desportivo de Souto Santa Maria acolheu no passado competições de BTT Cross Country do Campeonato do Minho, uma das quais com a presença da Seleção Nacional de Juniores. «Este é um projeto prioritário para o concelho de Guimarães, que permitirá reforçar a coesão social, também através da prática desportiva», referiu Domingos Bragança, Presidente do Município, no decurso da reunião de Câmara descentralizada que decorreu esta quinta-feira no Centro Social de Souto Santa Maria.

«Foi com enorme satisfação que encontramos por parte da Autarquia e da União de Freguesias de Souto Santa Maria, Souto São Salvador e Gondomar uma recetividade e vontade para avançar com este projeto que, acreditamos, gerará uma nova centralidade e proporcionará boas condições para atividades de recreio, formação, treino e competição. Tudo faremos para que o Centro de BTT seja uma referência», disse José Luís Ribeiro, Presidente da Associação de Ciclismo do Minho.