O campeão nacional de cross country olímpico (XCO), David Rosa, e a ucraniana Nataljia Krompets são os primeiros líderes da Taça Cyclin’Portugal de XCO, graças aos triunfos que hoje conseguiram na primeira prova pontuável, disputada em Viana do Castelo.

davidrosa_viana

-Publicidade-

O campeão português esteve imparável nesta prova a contar para a qualificação olímpica, cruzando a meta em solitário, com uma vantagem de 3m16s sobre Sergii Rysenko (Seleção da Ucrânia), segundo classificado. O terceiro foi o romeno Dascalu Vlad (Baque Campos Team), a 3m21s de David Rosa. O ciclista da Roménia foi o melhor sub-23.

As corredoras estrangeiras dominaram a prova de elite feminina. Uma semana depois de ter brilhado no Algarve Bike Challenge, Nataljia Krompets (Seleção da Ucrânia) foi a mais forte no arranque da Taça Cyclin’Portugal, relegando a espanhola Lucia Vázquez (Maiatos/Reabnorte/Bikezone) para o segundo lugar, a 2m25s, e a estoniana Maaris Meier (ProRebordosa/Garrafeira Gomes/Oforsep) para o terceiro posto, a 3m56s. A melhor sub-23 foi Joana Monteiro (ASC/Focus Team/Vila do Conde).

Em juniores impuseram-se João Rocha (Rodabike/ACRG/Gondomar) e a britânica Emily Wadsworth (Beeline Bicycles RT), enquanto o espanhol Carlos Blanco (Academia Posta-Actyon) e lusa Raquel Silva (BTT Loulé/BPI) ganharam em cadetes.

Nas categorias de veteranos, as vitórias foram para Cesário Filipe (Róódinhas/Santos Silva), em masters 30, Francisco Anjos (Nutrimania Sports Nutrition/GDVP), em masters 40, António Silva (ProRebordosa/Garrafeira Gomes/Oforsep), em masters 50, e para Ângela Gonçalves (BTT Seia), em femininas.

A Nutrimania Sports Nutrition/GDVP ganhou por equipas.

A Taça Cyclin’Portugal de XCO prossegue no próximo domingo, 20 de março, com a disputa do XCO Internacional de Marrazes, em Leiria, uma competição de classe 1 internacional, também pontuável para a qualificação olímpica.

Fonte: uvp-fpc.pt