Mathieu Van der Poel venceu este fim de semana a prova de Ciclocrosse de Gullegem, na Bélgica. Desta forma, atinge uma estatística notável. O holandês conquistou a sua centésima vitória desde o início da sua carreira. Um feito excepcional de um atleta também excepcional, que continua a atingir novas metas umas após as outras.

Este é o tipo de dia que marca uma carreira. Não por ter sido a prova mais prestigiada da temporada de ciclocrosse, mas porque Mathieu van der Poel conseguiu mais uma vitória, a vigésima primeira da sua temporada em vinte e três corridas, mas especialmente a centésima da sua jovem carreira.

-Publicidade-

Com apenas 23 anos, o holandês já conseguiu atingir este número… 100 vitórias! – o segundo atleta com mais triunfos na história da Taça do Mundo, com 16 vitórias consecutivas! Teve a sua primeira vitória profissional aos 19 anos de idade. Até agora, van der Poel tornou-se campeão do mundo, duas vezes campeão europeu e quatro vezes campeão holandês, vencendo 20 etapas MK, 25 corridas Superprestígio, 16 troféus DVV e 29 outras corridas.

Se olharmos para 2018 como um ano inteiro, contando as corridas que foram disputadas naquele ano, pertencentes à temporada 2017-2018, Mathieu van der Poel venceu 30 das 33 corridas que fez. Mantendo o rácio de vitórias de 91% que já leva nesta temporada 2018-2019.

Nas próximas semanas e meses, os objetivos serão numerosos. Começando com os vários eventos do ciclocrosse que incluem o seu campeonato nacional, as últimas etapas da taça do mundo e os campeonatos do mundo. Depois, será hora de seguir para a estrada onde a sua prioridade será voltada para os clássicos da primavera. Entre Gand-Wewelgem, o Tour de Flandres ou l’Amstel Gold Race, Van Der Poel espera um bom desempenho e pretende obter e o melhor resultado possível nestes eventos de prestígio do calendário.

Belos desafios em perspectiva para a “máquina” Van Der Poel.