A Speedsleev é conhecida no mercado, em particular, pelas suas bolsas extremamente compactas e leves, desenhadas para oferecer o máximo de capacidade e protecção com o mínimo de peso.

Depois de mais de um ano de testes e desenvolvimento, a Speedsleev apresentou a Ranger. Uma bolsa de selim compacta, fácil de instalar e que acomoda todas as ferramentas essenciais que necessitamos para a pedalada… será esta a bolsa que todos queremos ter?

-Publicidade-

O conceito da Speedsleev Ranger é simples. Uma bolsa o mais leve e compacta possível mas que transporte todas as ferramentas essenciais para uma emergência.

A bolsa, é toda ela maleável e feita em nylon balístico, que oferece uma cobertura à prova de água. O seu interior é dividido com compartimentos para cada um dos produtos, minimizando assim danos e barulhos incómodos. Uma maneira também de evitar surpresas desagradáveis ​​na forma de furos nas câmaras de substituição, por vezes causados pelas outras ferramentas que a acompanham.

O peso da Ranger, é de 48 gramas, e tem capacidade para:
– 1 câmara de ar até 29″
– 2 botijas de CO2
– 1 Bomba de enchimento CO2
– 2 desmonta pneus
– 1 multi-ferramenta

Um velcro, fácil de ajustar, serve para fechar a bolsa e permite que o seu conteúdo seja comprimido ao máximo, tornando-a o mais compacta possível. A fixação ao selim, é feita por duas largas tiras de velcro que passam por cima dos carris do selim abraçam toda a bolsa. O sistema de fixação torna-a adequada para todos os tipos de selins, e podemos usá-la em espigões telescópicos.

O tipo de material no qual é construída e este sistema de fixação, permitem que a bolsa fique mesmo encostada ao selim. Isto elimina qualquer folga ou ruído durante a pedalada. Um sprint até à meta??? Não é problema, a fixação é tão boa que não existe qualquer balanço da bolsa e às vezes até nos esquecemos que ela está lá.

Todas as peças bem acomodadas nos seus compartimentos

A sua instalação e remoção é fácil e rápida, assim como aceder ao seu conteúdo, bastando abrir a tira de velcro que fecha as duas extremidades. O que levamos no seu interior está completamente protegido da lama, uma vez que o nylon impermeável não deixa passar qualquer sujidade e é extremamente resistente. Este material também permite uma lavagem fácil e secagem rápida.

Gama Ranger

A Ranger está também disponível em dois outros tamanhos, construídas com o mesmo material e igualmente compactas.

Ranger S / Ranger / Ranger Plus

A Ranger S, é a escolha ideal para os Roadies, pesa 43 gramas e pode levar 1 câmara de ar de estrada 700c, 2 botijas de CO2, 1 regulador de CO2, 2 desmonta pneus e 1 multi-ferramenta compacta.

A Ranger Plus, é a maior das três e pode levar 1 câmara de ar até 29″, 2 botijas de CO2, 1 regulador de CO2, 2 desmonta pneus e 1 multi-ferramenta, ficando ainda com mais algum espaço de sobra que a Ranger. Tem um peso de 56 gramas!

A Speedsleev Ranger eleva a fasquia das “tipicas” bolsas de selim. Uma das características que mais apreciei na Ranger foi o design de compartimentalização, com lugar especifico para cada coisa, sem ruídos incómodos, e de fácil acesso a cada um dos produtos.

Graças à sua forma compacta, não se torna um problema ao pedalar e as duas grandes tiras de velcro ajudam a manter um perfil estreito. Estrada, terra, gravilha, pedra, fosse qual fosse o terreno, a Ranger manteve-se sempre justa ao selim, sem folgas e protegendo o conteúdo da poeira exterior.

Pouco mais se pode pedir a uma bolsa tão leve e compacta como a SpeedSleev Ranger. Fácil de instalar, fácil de usar e com capacidade para levar o kit necessário para qualquer emergência. O seu preço de €33,50 (Ranger S e Plus têm o mesmo preço), justifica-se para uma bolsa desta categoria. Qualidade de materiais acima da média e desenhada para nos esquecermos que ela está lá… até precisamos dela!

Para encomendarem a vossa Ranger ou mais informações, visitem a Surbikes, distribuidor da Speedsleev.

REVISÃO GERAL
Desempenho
10
Qualidade
10
Preço
9
Fundador e editor do bttclub.pt. Gosto dos desafios e da aventura que as duas rodas me proporcionam, mas acima de tudo gosto da liberdade do pedal! Nada se compara aquela sensação de pedalar na manhã fresca acompanhada do raiar do sol...