O Banger da Mr.Wolf é uma espuma de densidade muito baixa, que ao ser colocada dentro do pneu, reduz em 95% o ar a ser introduzido dando-lhe uma maior estabilidade e maior absorção de impactos, reduzindo até 90% a probabilidade de furo. Vamos a testes?

Primeiras Impressões

O Banger vem no seu próprio saco reutilizável e traz incluído um liquido selante da marca Peaty’s, um T para a válvula, um extractor de válvula, o manual e alguns autocolantes. Esta espuma de baixa densidade pesa 198gr. (na versão XC para roda 29″) e é bastante maleável. De referir que esta espuma/mousse foi desenvolvida especificamente para o Mountain Bike e difere bastante de outras disponíveis no mercado.

-Publicidade-

Em que difere o Mr Wolf Banger de outras espumas idênticas?
Além de ser distinta na forma e volume a grande diferença reside no material com o qual é produzido.

Grande parte destes sistemas antifuros do tipo espuma são derivados de polietileno (a mesma matéria do qual são feitas as espumas de hidroginástica) um material com muito baixo peso mas com propriedades reduzidas de absorção dos impactos e durabilidade. Na Mr.Wolf, eles deram prioridade ao desempenho do produto, contra o peso ou o preço.

Desta forma, após muita investigação e desenvolvimento conseguiram criar um tecnopolímero que pesa 0,046g/cm3, mas que garante uma flexibilidade e uma durabilidade ao produto como nenhum outro. O fabricante indica que a sua duração média será de 1 ano, dependendo do tipo de condução. Além de possuir uma película exterior que o protege da humidade e previne a absorção do selante, daí ser compatível com o uso de qualquer selante.

Os testes efectuados em termos de resistência de rolagem, mostram que o Banger apenas perde 1% quando comparado com um sistema Tubeless tradicional. O Banger está disponível em Portugal para rodas 27,5″ e 29″ em 4 tamanhos diferentes, desde a largura de 1,9″ até 3.0″.

 

Montagem

A Mr. Wolf refere que a montagem do Banger demora apenas cerca de 10 segundos… não somos assim tão optimistas, mas que é bastante fácil, é!

Após encaixar apenas um dos lados do pneu, coloca-se o selante a volta de toda a parte interior do pneu, encaixa-se o banger apenas tendo a atenção de colocar a zona com o autocolante sobre a válvula. Depois é só acabar de encaixar o pneu como qualquer pneu tubeless e dar ar.

Logo ao encher o pneu, nota-se uma diferença neste processo. Uma vez que o banger ocupa 95% do espaço interior ocupado pelo ar, encher o pneu tubeless é uma tarefa que apenas com a bomba de pé se faz em alguns segundos. O pneu está pronto para rolar!

 

Teste

Alguns minutos bastaram para perceber que a utilização do Banger em vez do ar oferece muito mais conforto na pedalada. Os impactos são absorvidos e as vibrações reduzidas, traduzindo-se num aumento no conforto, principalmente no pneu traseiro. Para o teste foi utilizado um pneu com um perfil com grandes tacos e que pode tornar-se um pouco duro, e o banger colmatou essa situação na perfeição onde os impactos reduziram de forma drástica.

Outra grande vantagem é o facto de permitir rolar a baixas pressões mantendo uma boa consistência dos pneus. Isto traduz-se em muito maior tracção nos trilhos, quer nas subidas onde proporciona mais aderência, quer nas descidas onde se nota que o pneu não desliza tanto, principalmente nas curvas. No meu caso bastou baixar a pressão em 0.2 bar para sentir diferença.

Uma vez que grande parte do espaço interior do pneu é ocupado pela espuma, em caso de furo, o Banger mantém o corpo do pneu de forma suficientemente estável para que ele possa rolar sem ar, pelo menos até ser possível chegar a um local onde se possa reparar ou no caso de uma prova, chegar à área técnica. Isto, sem danificar a roda ou o pneu. Fizémos este teste, rolando cerca de 2 quilómetros sem ar, e nem mesmo o Banger mostrou sinais de danos.

Protecção do aro: Tubeless VS Banger

Além de funcionar como um sistema de prevenção de furos podemos perceber que o Banger também serve de protecção para os aros e evita o descolamento do pneu que (principalmente à frente) poderá evitar uma queda feia.

Vídeo com alguns testes de pressão:

Em relação a utilização de selantes, não é obrigatório o seu uso, o fabricante assim o indica. De qualquer forma, numa perspectiva de prevenção, recomenda-se a sua utilização. O Banger é compativel com qualquer selante, além do Peaty’s usado durante os testes iniciais foi também utilizado o Doc Blue da Schwalbe e a espuma continuava com a mesma robustez e não apresentava danos.

O estado da espuma após cerca de 200 quilómetros

Veredicto

O Mr.Wolf Banger faz de facto aquilo que promete, com destaque para o aumento do conforto da pedalada, devido à grande absorção de impactos e para o facto de permitir utilizar pressões mais baixas mantendo o pneu em boas condições e não interferindo com a estabilidade da roda.

É claramente perceptível uma melhoria na pedalada com a utilização da espuma.

Dito isto, há que ter em conta que o preço do par fica actualmente em cerca de €160 (€80 a unidade), em grande parte devido ao tipo de matérias usadas na sua produção que oferece sobretudo, além dos pontos já referidos, uma maior durabilidade em relação a produtos concorrentes.

Apesar de este não ser um upgrade que se justifique para todos os ciclistas, pois na minha opinião será um investimento do qual alguns poderão não tirar partido, a verdade é que o sistema de espumas funciona muito bem, e para quem quer o melhor actualmente no mercado, é o Banger da Mr.Wolf com certeza.

Poderão adquirir o Banger ao preço de €79,90 na loja online da Musette

Mais informações no website oficial MrWolf e no distribuidor para Portugal Musette.

REVISÃO GERAL
Desempenho
9
Durabilidade
9
Preço
7.5
Fundador e editor do bttclub.pt. Gosto dos desafios e da aventura que as duas rodas me proporcionam, mas acima de tudo gosto da liberdade do pedal! Nada se compara aquela sensação de pedalar na manhã fresca acompanhada do raiar do sol...