Dominou a competição do início ao fim e a sua vantagem na geral foi de quase 20 minutos em comparação com o resto do pódio. Josep Betalú conseguiu a sua vitória mais confortável neste Titan Desert 2018, prova que já vence pelo terceiro ano consecutivo.

Josep-Betalú-Titan-Desert-2018Josep Betalú consegue adicionar mais uma prestação brilhante no Gaes Titan Desert 2018, que terminou esta sexta-feira em Maadid e conseguiu confortavelmentepara reafirmar a sua vitória incontestável na geral. É a terceira vez, depois de 2016 e 2017, que Betalú é proclamado campeão da prova. Assim, está a uma vitória de igualar o recorde absoluto de Roberto Heras, vencedor em 2008, 2010, 2011 e 2012.

-Publicidade-

Betalú foi o segundo na etapa final após Ramon Sagués, com quem protagonizou a fuga do dia numa etapa de 79 quilómetros que arrancou em Merzouga. Assim, o vencedor da etapa levou o segundo degrau do pódio, enquanto Roberto Bou ficou em terceiro. No feminino, Ramona Gabriel marcou a pedalada de Anna Ramírez para levar a vitória na geral.

6ª Etapa

A última etapa que ligava Merzouga a Maadid ao longo de 79 quilómetros, teve um dia muito ventoso em que a areia deu lugar a um terreno pedregoso que os ciclistas enfrentaram com calma, apesar de que a luta pelo pódio estava por decidir.

“Selu” Gómez foi o primeiro a dar a atacar juntamente com um pelotão que permaneceu praticamente agrupado durante os primeiros quilómetros do corrida. No entanto, tudo começou a mudar durante o primeiro checkpoint do dia, como uma subida de enorme ascensão e uma descida igualmente pronunciada fizeram com que o grande grupo começasse a quebrar.

Nesta altura, Josep Betalú saltou para a frente, e com ele seguiu também Ramon Salgués, apesar da enorme diferença entre eles na geral. Ao quilómetro 56, já levavam cerca de meio minuto de vantagem sobre o grupo que seguia atrás, formado por Roberto Bou, ‘Selu’ Gomez, Guillem Muñoz e Oriol Colomé. Nada mudou até ao final da etapa, Betalú e Sagués cruzaram a meta juntos, este último cruzando a meta primeiro que o grande vencedor da Titan Desert. A terceira posição ficou a cargo de Selu Gomez.


Assim, Betalú, Sagués e Bou subiram ao pódio da general. No feminino, Maialen Noriega venceu a etapa, mas Ramona Gabriel e Anna Ramirez cruzaram a meta juntas e isso valeu à primeira, vencer na general.

Desta forma, concluiram-se seis dias de competição no deserto de Marrocos, prova na qual quase seiscentos participantes compartilharam desafios, sonhos e ilusões. Estes tornaram-se realidade para a maioria dos participantes, que conseguiram obter a sua pedra comemorativa depois de terminarem a prova.

Classificação da sexta etapa. Merzouga-Maadid, 79 kilómetros
1. Ramon Sagués (Espanha) 2h58’06”
2. Josep Betalú (Espanha) a 2”
3. José Luis Gómez Miranda (Espanha) a 15”
4. Roberto Bou (Espanha) íd.
5. Guillem Muñoz (Espanha) a 23”
6. Manuel Beltrán (Espanha) a 6’37”
7. Oriol Colomé (Espanha) a 6’43”
8. Julen Zubero (Espanha) a 6’50”
9. Sebastián Tamayo (Colombia) íd.
10. Moisés Dueñas (Espanha) íd.

Classificação final:
1. Josep Betalú (Espanha) 24h02’21”
2. Ramon Sagués (Espanha) a 19’05”
3. Roberto Bou (Espanha) a 19’31”
4. Guillem Muñoz (Espanha) a 20’37”
5. Julen Zubero (Espanha) a 26’05”
6. Sebastián Tamayo (Colombia) a 43’16”
7. Moisés Dueñas (Espanha) a 49’03”
8. Francesc Freixer (Espanha) a 51’47”
9. Ignacio Gili (Argentina) a 53’59”
10. Manuel Beltrán (Espanha) a 1h05’04”