citibike_3

O programa de partilha de bicicletas em Nova Iorque (CitiBike) atingiu os 10 milhões de viagens em 2015.

A cada dia que passa, a cidade de Nova York tenta alcançar a meta de se tornar na capital norte-americana da bicicleta. No Verão de 2014 já tinha sido eleita pela revista Bicycling como a melhor cidade dos Estados Unidos para se pedalar. Terminado o ano de 2015, atinge a impressionante marca de 10 milhões de viagens no seu programa de partilha de bicicletas, o CitiBike. Segundo as informações prestadas pelos responsáveis, esta marca foi atingida no último dia do ano de 2015 e é destacado o aumento de 24% das viagens em relação ao ano anterior.

“Este ano o CitiBike consolidou-se como o maior sistema de bicicletas públicas do país e um dos maiores de todo o Hemisfério Norte”, afirmou o Mayor de Nova Iorque, Bill de Blasio, que comparou a utilização do Citi Bike com outros sistemas de partilha semelhantes, como o Santander Bikes de Londres e o mexicano Ecobici.

citibike_4

Iniciado em Maio de 2013, com cerca de 6000 bicicletas, o CitiBike foi saudado com entusiasmo pelos nova iorquinos e pelos responsáveis por controlar o imenso tráfego de automóveis da cidade, apesar das dúvidas iniciais de que o sistema pudesse ser uma solução efectiva de transporte. O programa CitiBike é reconhecido como o maior dos Estados Unidos, a par com Londres (9,9 milhões) e a Cidade do México (9 milhões). Apenas Paris tem um sistema de partilha de bicicletas superior.

Nos últimos cinco anos, a Camâra de Nova Iorque implementou cerca de 700km de ciclovias, o que resultou na diminuição dos atrasos e da poluição, além de promover uma cidade mais verde, mais saudável e claro, com mais ciclistas nas ruas.