Irá arrancar ainda este ano a empreitada que vai transformar o antigo ramal ferroviário entre Vila Nova de Famalicão e a Póvoa de Varzim numa via para ciclistas e para os amantes de caminhadas e corridas.

ciclovia-torres-vedrasA abertura do concurso para a construção da primeira fase foi aprovada em reunião da Câmara de Famalicão. A rede urbana pedonal e ciclável fica pronta em meados de 2019 e vai custar cerca de 1,9 milhões de euros.

-Publicidade-

A antiga linha já havia sido transformada em ciclovia, mas a ligação degradou-se e termina à entrada do concelho poveiro. “Há já a garantia de que a Câmara da Póvoa de Varzim irá avançar também com a recuperação do antigo ramal ferroviário que liga o limite do concelho de Famalicão à cidade da Póvoa“, explicou o autarca famalicense, Paulo Cunha, acreditando que “em 2019, os famalicenses podem ir a banhos às praias da Póvoa de bicicleta“.

As obras envolvem demolições, limpeza e desobstrução do pavimento, criação de rede de águas pluviais, pavimentação em betuminoso com cor diferenciada, colocação de sinalização e iluminação pública em todo o itinerário. Será ainda colocado diverso mobiliário urbano e paisagístico.

O percurso tem início nas imediações da Estação Ferroviária de Famalicão, seguindo depois até ao limite do concelho, numa extensão de 10 quilómetros.Insere-se num plano mais vasto de mobilidade sustentável para a cidade que inclui uma rede de linhas pedonais e cicláveis que irão ligar diversos equipamentos públicos da cidade“, explicou Paulo Cunha. A obra vai ser comparticipada em 85 por cento por fundos comunitários.