A Michelin coloca no mercado este mês de Abril a nova gama Michelin E-Wild, desenvolvida para satisfazer as necessidades específicas dos utilizadores de E-Bikes de montanha.

-Publicidade-

Combinados, os pneus Michelin E-Wild dianteiro e traseiro contribuem para minimizar a quantidade de energia para rolar, melhorando a eficiência e reduzindo assim o esforço da bateria da bicicleta, o que permite uma melhor autonomia em cada carga. O desenho do piso melhora também o peso dos novos pneus para bicicletas eléctricas de montanha, quando comparados com dimensões equivalentes em pneus convencionais.

O novo Michelin E-Wild traseiro é também mais resistente que o dianteiro, isto porque o pneu traseiro tem estar preparado para absorver mais impactos. O seu desenvolvimento foi inspirado nos pneus de competição para DH, com o objectivo de maximizar a resistência e a tracção, graças à sua capacidade de rolar com baixas pressões.

Por outro lado, o pneu dianteiro foi desenvolvido baseado na gama de enduro, para combinar a robustez necessária com uma excelente tracção quando utilizados em íngremes encostas.

Além de todo o trabalho realizado na carcaça deste pneus, os engenheiros da Michelin prestaram especial atenção aos compostos utilizados. Desta forma, a última geração da tecnologia E-GumX favorece a transmissão de potência desde os pedais ao terreno através da roda traseira, ao mesmo tempo melhora a durabilidade dos tacos e da estrutura do pneu.

No passado dia 26 Março a SCVOUGA apresentou oficialmente em Portugal, os Michelin E-Wild, durante o evento Michelin Day. Esta nova gama especifica para E-bikes estará disponível já a partir de Abril nos agentes oficiais disponíveis em Portugal. No que se refere às dimensões, serão lançados nas medidas 27.5 x 2.60 e 27.5 x 2.80, com o preço de 49 euros e 51 euros, respectivamente.

Mais informações em Michelin ou no distribuidor oficial para Portugal, Sociedade Comercial do Vouga, Lda