eurovelo-1-portugalA rede Eurovelo é uma rede de rotas europeias destinadas à prática do cicloturismo com diferentes tipos de percursos (locais, regionais, nacionais ou transfronteiriços) que fazem a ligação entre 43 países da Europa. A rota EuroVelo 1 (que abordamos a seguir) pertence a esta rede de Ciclovias que inclui actualmente 15 rotas cicláveis de longa distância que cruzam o continente Europeu.

EuroVelo 1- Rota da Costa Atlântica

Desde a Noruega até Portugal, a Rota da Costa Atlântica liga algumas das mais belas paisagens marítimas do mundo. Marcada por dramáticos fiordes, praias ensolaradas e cidades portuárias movimentadas. A rota atravessa a Noruega, Reino Unido, República da Irlanda, França, Espanha e Portugal.

-Publicidade-

A Rota da Costa Atlântica recebeu, no ano passado, a sua mais recente extensão em Portugal, percorrendo agora toda a costa Portuguesa. Continuando a rota já existente, que terminava em Sagres, seguindo para norte até Caminha junto à fronteira com Espanha. A Eurovelo 1 atravessa o litoral de Portugal, a partir do Norte passa pelo Alto Minho, Área Metropolitana do Porto, Cávado, Coimbra, Aveiro, Leiria, Região do Oeste, Área Metropolitana de Lisboa, Alentejo e Algarve para depois se fundir com a rota inicial que liga Sagres e Vila Real de Santo António ao resto da Europa. São 1150 quilómetros cicláveis divididos em 18 Secções, do Norte ao Sul do País.

troia-sagres-ciclovia
Troia-Sagres – Rota ciclável

Um dos grandes objetivos da Federação Portuguesa de Cicloturismo e Utilizadores de Bicicleta (FPCUB) durante os anos de 2015 e 2016 era a extensão de vias cicláveis na “Rota da Costa Atlântica” em Portugal. Com a aprovação da European Cyclist’s Federation, a extensão de vias cicláveis na Rota da Costa Atlântica em Portugal foi de 920 quilómetros, que somados aos cerca de 230 quilómetros já existentes permitem que a Eurovelo 1, passe agora a contar com mais de 9.000 km de extensão, a qual vem desde a Escandinávia até Portugal.

Portugal possui os mais belos locais por toda a costa e um clima perfeito, fazendo desta, uma das rotas cicláveis mais interessantes para os ciclistas. Desde dunas abrigadas a enseadas rochosas, de pequenas praias a areais extensos, desde lagoas pouco profundas a grandes ondas que dão para surfar num Atlântico selvagem. Não falta nada, num País com um clima ameno que é convidativo à prática do uso da bicicleta.

O percurso de Norte para Sul

Secção 18 – Porto e Norte – Esposende / Caminha
Secção 17 – Porto e Norte – Porto Gaia / Esposende
Secção 16 – Porto e Norte – Aveiro / Porto Gaia
Secção 15 – Centro – Figueira da Foz / Aveiro
Secção 14 – Centro – Praia da Vieira / Figueira da Foz
Secção 13 – Centro – Foz do Arelho / Praia da Vieira
Secção 12 – Centro – Peniche / Foz do Arelho
Secção 11 – Centro – Santa Cruz / Peniche
Secção 10 – Centro – Azenhas do Mar / Santa Cruz
Secção 9 – Região de Lisboa – Lisboa / Azenhas do Mar
Secção 8 – Região de Lisboa – Setúbal / Lisboa
Secção 7 – Alentejo – Melides / Setúbal
Secção 6 – Alentejo – Vila Nova de Milfontes / Melides
Secção 5 – Alentejo – Aljezur / Vila Nova de Milfontes
Secção 4 – Algarve – Sagres / Aljezur
Secção 3 – Algarve – Portimão / Sagres
Secção 2 – Algarve – Quinta do Lago / Portimão
Secção 1 – Algarve – Vila Real de Santo António / Quinta do Lago

(Clique em cada um das secções para ver as informações detalhadas. Em cada secção podem analisar o percurso, altimetria, pontos de interesse e descarregar o ficheiro de GPS do percurso.)

Percurso da Eurovelo 1 em Portugal. Desde do Algarve até Viana do Castelo.
Percurso da Eurovelo 1 em Portugal. Desde do Algarve até Viana do Castelo.

Sinalização

A rota é fácil de identificar, de distinguir e de seguir, graças quer ao logótipo EuroVelo1 claramente marcado e visível ao longo da rota, quer às cores principais, o azul e o branco.

sinalizacao-eurovelo-placas

Ligações entre Secções

Travessia do Rio Sado (Secção 7 – 8)

A travessia do Rio Sado é realizado através de Ferries. Em Tróia o embarque é feito no Cais Sul e o desembarque em Setúbal na Doca do Comércio. O percurso inverso é realizado nos mesmos cais.
O transporte das bicicletas é gratuito.

Travessia do Rio Tejo (Secção 8 – 9)

Para realizar o percurso entre Coina e Lisboa existem duas opções: a utilização do comboio ou a utilização do barco.

fertagus-euroveloComboio: o transporte é realizado pela Fertagus, a qual faz a ligação entre a estação de Coina (Setúbal) e a estação de Campolide, em Lisboa, em cerca de 25 minutos. Em Lisboa, o percurso de bicicleta pode ser retomado através da ciclovia existente na zona.

É permitido o transporte gratuito de velocípedes nos comboios da Fertagus, todos os dias da semana, com algumas excepções como se pode ver aqui.

Barco: o transporte é realizado pela Transtejo, que faz a travessia do Rio Tejo através de cacilheiros, entre Cacilhas (Almada) e o Cais de Sodré (Lisboa), com a duração aproximada de 10 minutos.

O transporte de bicicletas ou velocípedes equiparados, não poluentes é gratuito em todas as ligações fluviais, de acordo com as lotações máximas e especificações definidas para cada ligação.

É possível realizar-se o percurso inverso, quer de comboio, quer de barco. De comboio dirija-se à estação de Campolide, em Lisboa e embarque no comboio da Fertagus, até Coina. De barco dirija-se ao Cais do Sodré, de onde parte o cacilheiro para Cacilhas, em Almada.

Cruz Quebrada – Cascais (Secção 9)

Dado o elevado tráfego automóvel existente na marginal de Oeiras, sugere-se que o percurso entre a Cruz Quebrada e Cascais seja feito através do comboio, numa viagem com a duração de 20 minutos.

O comboio parte da estação de comboios da Cruz Quebrada e faz uma viagem à beira-mar, agradável para o utilizador e que permite desfrutar da paisagem envolvente, dominada por praias e zonas de lazer, que acaba na estação de comboios de Cascais.

O transporte de bicicletas é gratuito todos os dias e em todos os horários, nos comboios urbanos de Lisboa, em todas as linhas.

No percurso inverso o comboio parte da estação de Cascais e a viagem tem fim na estação da Cruz Quebrada.

Travessia da Ria de Aveiro (Secção 15 – 16)

A ligação fluvial entre o Forte da Barra e São Jacinto, em Aveiro é realizado através de lanchas e ferries, tendo o percurso a duração de 15 minutos.

O transporte de bicicletas apenas é possível nos ferries, conforme aviso nas embarcações e no cais.

Para Terminar

Esperamos que estas informações sejam úteis a quem pretenda fazer esta rota pela costa Portuguesa, na sua totalidade ou apenas uma secção, o importante é que pedalem, usufruam desta bela rota e aproveitem a imensa beleza do nosso país.

Visitem a página de cada uma das secções , que indicamos em cima, pois têm algumas informações adicionais que complementam o nosso artigo e algumas dicas interessantes.


4 COMENTÁRIOS

  1. Ja fiz de sagres ate a corunha a vigem em duas partes , com inicio em Coimbra , sem duvida muitas das melhores partes da viagem foram as da ciclovia!! Pena que algumas partes da ciclovia estejam deixadas ao abandono…

Comments are closed.